Início / Locutores / Andrea Anes / Libélula descoberta na África recebe nome de álbum de Pink Floyd

Libélula descoberta na África recebe nome de álbum de Pink Floyd

O Instituto Internacional para a Exploração de Espécies publica, anualmente, o Top 10 de espécies mais surpreendentes descobertas durantes os últimos doze meses. Em 2015, foram descritas 18.000 espécies. Dentre estas, dez foram escolhidas por cientistas do Instituto em parceria com a Universidade Estadual de Nova York para entraram na lista do Top 10 das novas espécies mais surpreendentes do ano.

Nesta lista aparece esta libélula encontrada no Gabão, na África, ano passado.

libelula

O inseto recebeu o nome de ‘Umma gumma’, homenagem ao álbum duplo da banda britânica Pink Floyd, lançado em 1969.

De repente você pode se perguntar, mas, por qual razão a libélula recebeu esse nome? Muito provavelmente por conta da condição em que estas libélulas foram registradas nesta foto. Perceba que há dois insetos da mesma espécie copulando e “Ummagumma” também é um termo usado por estudantes da Universidade de Cambridge para se referir ao sexo.

Por: Andrea Anes

Confira também

gnr-split-gettty

Integrantes do Guns N’ Roses fofinhos? Será possível?

A Funko lança mais bonecos para homenagear figuras ilustres do rock: Axl Rose, Slash e Duff ...

rolling

Em ritmo de Blues novo clipe dos Rolling Stones é divulgado

Com lançamento marcado para 02 de dezembro, “Blue & Lonesome”, conforme revela o próprio nome ...

cadillaclogo

Cadillac’s Rock Band estaciona no programa “Os Novos do Rádio”

Na estrada desde 2005, Cadillac’s Rock Band, originada em Mococa, faz jus ao nome e ...

rusticanacomlogo

Rusticana eletriza Os Novos do Rádio

Rusticana iniciou a caminhada no rock em 2015, formada por Amauri (vocalista), Beto (guitarrista), Thiago “Ski” ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>